ZÉ DOMINGOS RECORDA A CARREIRA DE JANIO QUADROS

janio

Zé Domingos – ANIVERSÁRIO DE MORTE E DECISÃO POLEMICA DE JANIO. ELE MOROU EM CURITIBA.           

O companheiro Zigmundo Czajkowski nos passa informações com relação a acontecimentos ocorridos em 16 de fevereiro e dois deles envolvendo o ex Presidente da República Janio Quadros. Ele quando governador de São Paulo assinou ato proibindo que orquestras ou conjuntos musicais tocassem “rock and rool” em bailes em São Paulo.

Foi mais uma das muitas decisões polemicas do político que antes de ser presidente foi Prefeito de São Paulo, Governador e também Deputado Federal pelo Estado do Paraná. Inclusive ele residiu em Curitiba, como vamos abordar na seqüência.

No mesmo dia de 1.992 ele que havia sido o 28º Presidente da República, falecia. Foi uma das importantes e polemicas figuras da política brasileira. Há tempos o Zig também nos passava informações a respeito de Janio Quadros, destacando ter residido em Curitiba e fizemos uma matéria a respeito.

JANIO RESIDIU EM CURITIBA

Janio Quadros, foi um dos grandes vultos da política brasileira, um verdadeiro fenômeno. Chegou a Presidência da República, com estrondosa votação e sete meses depois de empossado renunciou, causando um transtorno ao país. Durante a infância e adolescência  ele residiu em Curitiba, numa casa localizada na rua 13 de Maio.

O médico Gabriel Quadros e Leonor, eram os pais de Janio e de Dirce Maria, que vindos do Mato Grosso, onde Janio e a irmã mais nova nasceram, estabeleceram moradia na capital paranaense, aqui ficando por poucos anos. Clotilde de Quadros Cravo, prima do ex presidente relatou há alguns anos e foi divulgado por nossa imprensa de que Janio, desde menino se mostrou por demais inteligente e dentro disto era agitado e sempre estava aprontando das suas. Chegava a ser rebelde.

Foi aluno do Colégio Paranaense, chamado durante muitos anos de internato, localizado na Avenida Bispo Dom José, Seminário, onde aliás funciona até hoje. Chamado de internato porque ali estudavam jovens procedentes de várias cidades paranaenses e mesmo de fora do Estado e que ali passavam a residir no período de aulas. Naquele tempo os internatos normalmente mantidos por instituições religiosas eram inúmeros.

Lembramos que mamãe contava ter estudado com as freiras (irmãs) no Colégio São José, em Castro, onde também na condição de interna estudou minha irmã Nice. Já meu irmão Luiz Fernando, estudou na mesma condição no Colégio Santa Cruz, também em Castro. Só saíram quando mamãe e papai foram residir naquela cidade, para ficarem perto dos filhos. Eu “temporão” diferença de 10 anos da Nice e 9 do Luiz Fernando, não tive a experiência de internato. O fato é que ninguém gostava deste sistema, mas, era necessário enfrentá-lo porque em algumas cidades o ensino era incipiente, caso de Siqueira Campos, onde nasci e papai foi trabalhar lá face transferência da Rede Viação Paraná – Santa Catarina, da qual era funcionário. Foi para lá como chefe da estação de Barbosas, onde nasci e vivi até 3 para 4 anos..

Voltando a Janio Quadros, conta Clotilde “era rebelde, mas um aluno fora de série sempre com ótimas notas.” Professores faziam questão de destacar sua inteligência. Nair, outra prima, relatou que quando das férias do Colégio Cajurú, onde era interna com a irmã Clotilde, passavam alguns dias na casa do tio Gabriel, já que seus pais eram moradores em São Mateus do Sul e sofriam com Janio. Nair chegou a comentar que tinha medo dele, de tanto que aprontava.

Já quando chegavam ele as recebia com uma bengala que mantinha escondida e quando elas apareciam a pegava e batia em suas pernas. Havia três solteironas vizinhas da casa de Janio e ele gostava de incomodá-las e não media conseqüências para tal. Era normal pegar um estilingue (cetra como é dito no chamado curitibanês, vocabulário exclusivo dos curitibanos) e lançava pedras nas vidraças da casa destas mulheres quebrando-as. Fazia o mesmo em outras casas próximas. Em dada ocasião uma vizinha reclamou e ele negou. As primas não contaram nada.

O Dr. Gabriel, pai de Janio, nasceu em Curitiba e depois de formado foi trabalhar no Mato  Grosso, onde conheceu Leonor, com quem se casou. Alguns anos depois o casal resolveu morar em Curitiba e para aqui veio. Na época àquele que seria  vereador, prefeito de São Paulo, governador, deputado federal pelo Paraná,(o que pouca gente lembra e sabe, pois naquela época mesmo residindo em outro Estado, o político poderia ser candidato na unidade da federação que entendesse, tanto é que Plínio Salgado, outro famoso político brasileiro, o comandante da filosofia integralista (camisa verde) foi também deputado federal pelo Paraná) e presidente da República, tinha uns 12 anos segundo o que foi contado pela prima Clotilde.

A passagem da família não foi longa em Curitiba e logo seguiu para São Paulo, onde com o passar dos anos Janio “o homem da vassoura”, este seu slogan e o distintivo de suas campanhas era uma vassoura porque anunciava que limparia todas as sujeiras políticas, tornou-se personalidade nacional e internacional. Com sotaque característico, bem como com uma voz diferente, fina e rouca, era um orador de primeira e quando de seus discursos empolgava e era acompanhado por milhões de brasileiros que ficavam colocados no rádio para ouvi-lo  com máximo interesse.

Seus comícios arrastavam multidões. Quando da sua eleição para presidente fez dobradinha no Paraná, com Ney Braga, surgindo um jingle que dizia “Quem é Janio é Ney”, que tomou conta do povão que seguidamente o cantava. Ney, que havia sido prefeito de Curitiba e deputado federal, com expressiva votação na capital, ganhou força em todo o Estado, especialmente depois da morte do Senador Souza Naves, que como candidato do PTB, era como favorito e tornou-se Governador, transformando-se num dos mais importantes, se não o mais importante nome da história política paranaense.

Em face de leitura, Janio Quadros, era por demais culto e a todos impressionava. Inclusive em dada ocasião ao ser apresentado para um inglês passou a falar da Inglaterra e o cidadão ficou impressionado com os conhecimentos em torno de seu país. Em dado momento interrompeu a narrativa e comentou que ele Janio, certamente teria morado muitos anos na Inglaterra. Depois da intervenção, Janio, seguiu falando da Inglaterra, mas o fato é que nunca estivera naquele país.

Como Advogado e Professor, com sangue político galgou os caminhos que o levaram a participar de pleitos eleitorais, que por seu carisma o conduziram a grandes vitórias. De vereador a prefeito de São Paulo, foi um pulo, daí governador paulista da mesma forma, com destaque nas funções, ganhou a confiança do povo brasileiro e tornou-se o presidente da esperança com expressiva votação, a maior da história brasileira, até aquela época.

Com o apoio popular imaginava que poderia colocar em prática seus planos e logo começou enfrentar adversidades diante o Congresso Nacional e não conseguindo imprimir o ritmo que pretendia para governar o Brasil, se desiludiu e renunciou o cargo.

Sua prima Clotilde, quando da entrevista concedida há alguns anos, exatamente na época em que ele estava muito doente e na seqüência faleceu declarou que ele saiu da presidência em face a pressões das chamadas “forças ocultas”.

Eis um pouco deste brasileiro famoso e que passou os últimos dias de sua vida isolado em sua casa ao lado da filha Dirce Tutu Quadros. Além de político foi escritor, autor de vários livros, inclusive um dicionário da língua português muito requisitado durante vários anos.

Vale a pena se aprofundar na história deste homem, um verdadeiro mito de nossa política.

AGRADECIMENTO

Agradecemos ao companheiro Zigmundo Czajkowski – Zig, pelas constantes colaborações com este site. Muito Obrigado.

José Domingos Borges Teixeira

(Zé Domingos)

Rádio Barigui – AM – 1560 – Internet – www.radiobarigui.com – centraldetv.com.br – www.josedomingos.com.br – clicar Rádio Barigui – de ssegunda a sexta feira das sete as nove horas Comando da Manhã – no Mundo da Bola, telefones – (41) 3352-8686 – (41) 9972-0129, e-mail – contato.josedomingos@hotmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s