Antônio Lopes cria confusão em jogo do Atlético-PR

lopes

RIO – Acostumado a ficar no banco de reservas nas partidas do Atlético-PR, o diretor de futebol Antônio Lopes não contava com o rigor do quarto árbitro da partida contra o Londrina, nesta quinta-feira, pelo Campeonato Paranaense. Ao avistar Lopes no banco, Marcelo Sales Correa pediu para que o dirigente deixasse o campo por não fazer parte da comissão técnica.

O pedido deixou Lopes furioso. Para tentar permanecer no gramado, o dirigente tentou dar uma “carteirada” e recorreu a sua antiga profissão de delegado para afirmar que tinha direito a permanecer no local.

– Estou como delegado aqui. Eu posso. Eu sou delegado. Sou autoridade policial. Quero ver quem vai me tirar – afirmou.

O árbitro Adriano Milczvski não quis conversa e mandou Lopes sair. O dirigente ainda argumentou, falou com os árbitros, interrompeu a partida, mas nada disso deu certo. Lopes ainda tentou ficar atrás do banco de reservas, mas acabou sendo convencido a deixar o gramado.

Coordenador técnico da seleção brasileira campeã do mundo em 2002, Antônio Lopes é diretor esportivo do Atlético-PR desde 2002. Ele assumiu a nova função após uma longa carreira como técnico, como passagens por grandes clubes como Vasco, Internacional, Cruzeiro, Fluminense, além do próprio Atlético-PR, o último clube que treinou em 2011.

Em campo, o Atlético-PR empatou em 2 a 2 com o Londrina. A equipe está na vice-lanterna do Campeonato Paranaense com apenas uma vitória. O time volta a jogar no domingo, contra o Arapongas.

Crédito: Globo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s