LUIZ ANTÔNIO INSPIRA ZÉ DOMINGOS

TRIESTE CAMPEÃO DE 1.964

E ALTAIR O PINGO DE OURO

ESTAVA LÁ. OUTROS TÍTULOS,

UM CAMINHO DE CONQUISTAS

Zé Domingos

Um fotografia de Altair ao lado do presidente do Trieste Marcos Antonio Anzolin publicada pela Jennifer Lima a interina da coluna DICAS do jornal Tribuna do Paraná comandada pelo companheiro Luiz Antonio me levou a fazer uma viagem pelo tempo e relembrar os idos de 1.964 dos quais havia conversado recentemente com o Lauro Ferro.

Parece que foi ontem e lá se vão cinquenta anos do Trieste campeão da 1ª Divisão de Amadores num campeonato disputado por Trieste, Operário do Ahú, Bacacheri, Operário Pilarzinho, Imperial, Operário Mercês e São José.

Compareci em vários jogos daquele certame e inclusive transmiti alguns se não estou enganado na época pela Rádio Colombo. O campeonato dos mais acirrados, pois os disputantes apresentavam excelentes equipes.

No Trieste o goleiro Renato, o zagueiro Idário, os laterais Rai e Altair, outro zagueiro Renatão, os meio campistas Angelim e Tosin, os atacantes Luizinho, Genival, Parodi e Polaco. Um senhor time. O presidente era o saudoso Acelino Grande.

Com a conquista do titulo o Trieste se classificava para participar no ano seguinte da Taça Paraná a grande competição do futebol amador do Estado, reunindo agremiações de várias cidades. Para ser preciso vinte equipes.

Chave Sul I – Araucária FC, C.A. Batel de Antonina, Esperança EC de São José dos Pinhais, Juventude da Palmeira, Ponta Grossa FC de Ponta Grossa, Seleto de Paranaguá e Trieste de Curitiba.

Chave Sul II – Ferroviário de União da Vitória, Internacional de Pato Branco, Irati, Grêmio Esportivo Oeste de Guarapuava, União de União da Vitória.

Chave Norte I – Cianorte (Café de Cianorte), União dos Estudantes de Apucarana, Paranavaí e Telefônica de Maringá.

Chave Norte II – Agroceres de Jacarezinho, Azul Clube de Cornélio Procópio, Corinthians de Londrina e São Geraldo de Santo Antonio da Platina.

A decisão foi entre Trieste e Corinthians de Londrina e o time da capital venceu os dois jogos por um a zero ficando com o titulo. Participaram da campanha – Renato, Idário, Altair, Rai, Renatão, Angelim. Luizinho, Roberto Pigue que se destacou para tornar-se na sequencia um dos maiores craques da história do futebol amadoir de Curitiba, especialmente do Trieste, Dalton, emprestado pelo Imperial, Genival, Parodi e Polaco. Uma conquista inesquecível.

Neste mesmo ano de 65 o Trieste também conquistava o titulo da Divisão Especial de Amadores contando com o mesmo elenco de jogadores exceção de Dalton e com a presença de Tosin. Um ano de glória para o rubro verde da colônia de Santa Felicidade.

O Trieste voltava a ser campeão da Divisão Especial em 68 e novamente Altair o Pingo de Ouro estava entre os jogadores. Naquele ano foram campeões num certame disputado por nove equipes – Renato, Veri, Rai, Idário, Valdo, Altair, Lolico, Roberto Pigue, Airton Romildo, Paulo Roberto, Genival e Parodi.

Voltando a Taça Paraná em 66 o Trieste alcançava o bicampeonato numa competição com representantes de todas as regiões do Estado. Um certame muito difícil e concorrido. A decisão foi com o Grêmio Oeste de Guarapuava e acompanhei todos os jogos, inclusive os transmitindo.

No primeiro jogo vitória do Grêmio Oeste por três a um depois nos outros jogos vitórias do Trieste pelo mesmo marcador. Os heróis da conquista Renato, Idário, Altair, Rai, Renatão, Angelim, Osmário, Luizinho, Mário Cachel que jogara profissional por Britania e Ferroviário revelado pelo Bola de Ouro, Valdo, Polaco, Dalton e Zezo.

Depois veio o tricampeonato de 69, 70 e 71 ficando o Trieste que a posse definitiva do troféu que era transitório. Altair esteve em todas as campanhas onde participaram Romeu, Veri, Sérgio, Zé Mario, Valdo, Roberto Pigue, Nascimento, Paulo Roberto, Genival, Tinho, Lolico, Odair, Zequinha, Bitruca, Fonti (ex Água Verde e seleção paranaense), Breda, Gauchinho com passagens brilhantes pelo profissionalismo em Curitiba, Agua Verde e seleção estadual, , André vindo do Primavera do futebol profissional, Acir, Lugarini, João Carlos (goleiro), Carlinhos ex profissional, Ricardo zagueiro vindo do Primavera e Fábio o japonês também com temporadas em equipes profissionais. A relação abrange jogadores com participações nas campanhas dos três anos de titulos.

Recordações do Trieste para homenagea-lo por aquele título de 50 anos passados com a participação deste verdadeiro ícone do clube Altair o Pingo de Ouro. Vários dos citados continuam firmes, fortes e alegres em poder relembrar aqueles momentos de glória em defesa do tradicional e querido clube de Santa Felicidade.

José Domingos Borges Teixeira

(Zé Domingos)

Rádio Barigui – AM – 1560 – Internet – www.radiobarigui.com – centraldetv.com.br – www.josedomingos.com.br – clicar Rádio Barigui, de segunda a sexta feira das sete as nove horas Comando da Manhã -No Mundo da Bola, telefones – (41) 3352-8686 – (41) 9972-0129 – e-mail – contato.josedomingos@hotmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s