Corinthians aos pés do São Paulo

20140309-184434

O Corinthians começou o Majestoso melhor que o São Paulo e aos 10 minutos fez seu gol num chute cruzado de Luciano que Antônio Carlos desviou contra sua rede.

Daí em diante o São Paulo tomou conta da bola porque o Corinthians de Mano Menezes tem o mesmo mau hábito dos time de Tite: recuar para manter a vantagem, coisa que não fazem, por exemplo, os times de Osvaldo de Oliveira, Abel Braga, Cuca, etc.

Mas o tricolor malhava em ferro frio porque não conseguia ameaçar o goleiro Cássio, diante de mais de 30 mil torcedores.

Até brilhou o talento de Paulo Henrique Ganso, num chute de fora da área, perfeito, indefensável, aos 38, no ângulo, um golaço.

O 1 a 1 ficou perfeito para o primeiro tempo, disputado palmo a palmo, mas de escassas emoções.

Guerrero voltou para o segundo tempo no lugar de Renato Augusto e, no São Paulo, Wellington substituiu Souza, machucado.

Com 5 minutos, uma excelente roubada de bola de Douglas entre três rivais, culminou com a bola nos pés de Pablón para Luís Fabiano virar o clássico.

O tricolor quebrava uma série de 12 clássicos estaduais sem vitória, exatamente contra quem havia vencido pela última vez, em 2012, no mesmo Pacaembu, antes de o Corinthians viajar para ser campeão mundial no Japão.

Em seguida, Luciano deu para Guerrero empatar, mas o peruano chegou meio milésimo atrasado.

Aos 15, no entanto, Guerrero chutou cruzado pela esquerda e novamente Antônio Carlos desviou para empatar o jogo: 2 a 2.

Mas o jogo não tinha cara de empate e a tradição do Majestoso estava justificada.

Aos 26, Emerson entrou no lugar de Romarinho.

E, aos 33, Oswaldo cruzou da esquerda no primeiro poste para Rodrigo Caio subir bonito, pelas costas de Uendel, para fazer 3 a 2.

O Corinthians voltou a não depender de seus resultados para se classificar e está nos pés do São Paulo, que recebe o Ituano na próxima rodada.

Danilo substituiu Bruno Henrique e Ademílson entrou no lugar de Oswaldo, um pouco antes de Guerrero distender o músculo, aos 40.

Corintiano torcerá para que o zagueiro artilheiro tricolor Antônio Carlos faça apenas gol a favor de seu time.

Ele já marcou quatro vezes pelo São Paulo neste Paulistinha.

E não merecia sair marcado do bom clássico deste domingo em que, na verdade, o São Paulo fez os cinco gols.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s