Homens também precisam de carinho e compreensão

td1240214

As mulheres sempre reclamaram que os homens não são românticos – pelo menos a maioria deles. A falta de sinais e ações que demonstrassem o amor e a importância na vida dos parceiros sempre incomodou. Mas e se o homem reclama que a mulher não faz isto? Justamente alguém do sexo feminino, que sempre foi automaticamente ligado com a cultura do romance! Cada vez mais, os homens vêm cobrando isto das mulheres. Não dá para afirmar que eles estão mais românticos, mas o fato é que tanto homens quanto mulheres precisam de romance em suas vidas.
Lógico que cada um tem o seu jeito e a sua personalidade. Não precisa todo dia soltar uma bateria de fogos de artifício, mas demonstrações de afeto devem ser frequentes, de ambos os lados. “Tanto homem quanto mulheres necessitam de romance no relacionamento. É a expressão que evidencia que a outra pessoa é importante para você. Normalmente, as mulheres gostam de receber flores, por exemplo. Mas não precisa disto. São atitudes de carinho no cotidiano, como acompanhar a mulher no médico. Tem mulher que acha que não é necessário, mas tem mulher que gosta. Para outras, é um abraço mais carinhoso”, comenta Rosicler Bahr, terapeuta de casais com experiência de 36 anos na área.
De acordo com ela, o conceito de romantismo é diferente da definição de romance. Rosicler explica que o romantismo sempre foi atribuído culturalmente pela sociedade mais ao sexo feminino. A mesma sociedade não aceita tanto este conceito para o sexo masculino. Mas os dois querem romance no relacionamento. “O homem tem medo de ser visto como piegas. Mas ele também precisa se sentir querido. Se ele não tem demonstração por parte da mulher, ele pode não se sentir importante para a parceira. Esta necessidade de romance no relacionamento é universal”, explica a terapeuta. “Tanto homens quanto mulheres não precisam de grandes eventos para se sentirem amados”, opina.
Rosicler ainda lembra que a intimidade emocional é o que mantém o relacionamento com qualidade e por muito tempo. O romance se torna essencial em relações vividas em quaisquer faixas etárias.

Motivo pra terminar
O site de relacionamentos Par Perfeito (www.parperfeito.com.br) realizou um levantamento no ano passado que indicou um dado que pode ser surpreendente para muitas mulheres. A intenção era descobrir atitudes que podem fazer com que um relacionamento termine. Entre 2,5 mil usuários, 40% dos homens entrevistados revelaram que a falta de romantismo pode determinar o fim de um relacionamento.  As mulheres também indicaram a mesma situação, mas em uma proporção maior. A falta de romantismo foi apontada por 50% das entrevistadas como fator que pode fazer o relacionamento acabar. “Pode ser que os homens estejam mais românticos. As mulheres com certeza continuam sendo românticas, mas, de fato, os homens também terminam pela falta de romantismo”, avalia Rochane Garcia, gerente de produtos do Par Perfeito.

Papéis invertidos
A empresária Gislaine Queiroz ouve das amigas que ela não pode reclamar que não tem um homem romântico em casa. Juntos há quatro anos, ela e o empresário Maurício Eduardo Ramos têm muitas histórias para contar sobre como cada um age diferente neste quesito. Ele demonstra muito mais, enquanto Gislaine se diz mais “prática”. “Não é que eu não ligo. Lógico que eu ligo. Mas o Maurício é bem mais romântico, enquanto eu sou bem prática. Ele escreve carta, bilhete, mensagem. Acho tudo lindo e adoro. Mas sou mais de responder agradecendo e dizer que também o amo”, conta. Já aconteceu de ele abrir a porta do carro para ela e Gislaine achar que ele queria ir de passageiro e ela seria a motorista, sem perceber o gesto do amado. Em outra oportunidade, enquanto caminhavam em um parque, Maurício viu uma flor bonita e resolveu dar para ela. “Quando fui pegar a flor, ela vira e diz: ‘não tem bicho, né?’”, lembra o empresário.
Um dos episódios com mais repercussão aconteceu em um aniversário de Gislaine, quando Maurício armou tudo para fazer surpresa para pedi-la em casamento. “Ela me disse que não era pra fazer surpresa de nada e que ela não queria buquê de flores. E eu com um buquê enorme. Ia fazer o quê? Já estava lá. Fiz tudo o que programei, inclusive me ajoelhei”, afirma Maurício. Gislaine, que estava com um papel na mão, começou a “bater” no namorado. “Não é que eu não gosto destas demonstrações. Só acho que eu não sou tão romântica quanto ele é. Acho que fico sem saber o que fazer”, ressalta Gislaine.

Combinado
Essas histórias se tornaram motivo para muita risada entre os dois. No entanto, Maurício já se questionou se estava fazendo algo de errado. “Levo na esportiva. No início do relacionamento, prometemos que a gente não ia deixar a rotina atrapalhar e o romance ser esquecido”, revela o empresário, que lembra mais das datas do relacionamento do que Gislaine. Cada um tem seu jeito, mas os dois se acertaram quanto à dinâmica do relacionamento. Tanto que estão há quatro anos juntos e felizes.

Crédito: Paraná Online

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s