Cansado, LEC sucumbe ao contra-ataque

tn_620_600_LONDRINA_X_MARINGA_25

O Londrina foi vítima ontem do desgaste físico herdado ainda da semifinal. O empate por 2 a 2 com o Maringá deixou nítido, principalmente no segundo tempo, que a recuperação do confronto com o Atlético na quarta-feira não foi completa.

“Esperávamos a vitória, mas infelizmente pelo fator do jogo de quarta-feira, a equipe realmente sentiu o cansaço”, lamentou o goleiro Vítor.

A estratégia dos contra-ataques da Zebra não foi por acaso. Sabendo do cansaço dos alvicelestes, os jogadores do Maringá fizeram o possível para usar isso como vantagem. “Esse ritmo que eles vêm de jogos nos favoreceu. Nós descansamos a semana toda e sabíamos que no segundo tempo poderíamos aproveitar isso”, analisou Léo Maringá.

E o fator físico será novamente posto à prova pelo Londrina. Na quinta-feira, o Tubarão tem um embate com o Criciúma pela Copa do Brasil em Santa Catarina – venceu a primeira em casa por 2 a 0. Ou seja, não terá tempo para treinar para o jogo de volta da decisão do Estadual.

“Precisamos fazer o possível para descansar porque temos muitos jogos em sequên­cia e isso pesa. Encaramos es­se jogo difícil na Copa do Brasil e depois ainda vem a final”, disse o lateral-direito Maicon.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s