Chapecó mobiliza policiais e finaliza Arena para receber o Corinthians

Uma cidade mobilizada para um jogo. Esta é Chapecó, onde no domingo se enfrentamChapecoense e Corinthians, às 18h30min, na Arena Condá. Tanto que somente na Arena Condá havia cerca de cem pessoas na tarde desta terça-feira.

.: Clube alcançar a marca de 10 mil sócios
.: Confira todas as campanhas dos cinco grandes de SC no Brasileirão

Era gente instalando câmeras de monitoramento, outros pintando, carrinhos levando terra, espalhando brita, gente dando os últimos retoques no reboco das paredes e funcionários pregando tapumes de isolamento da parte interna das obras. Tudo é para estar pronto até esta quarta-feira, quando a Polícia Militar fará a vistoria final.

Na manhã desta quarta-feira, também haverá uma reunião da Comissão de Segurança para os Jogos da Série A, às 10 horas, na Câmara de Vereadores. O presidente da Comissão, Gilson Vivian, disse que cerca de 200 pessoas vão trabalhar na segurança do jogo, entre policiais, seguranças privados e Guarda Municipal. Ele afirmou que estão sendo instaladas na Arena 14 câmeras fixas e mais duas “speed dome”, que giram 360 graus.

— Ninguém entra na Arena sem ser filmado e identificado — afirmou.

Gilson Vivian alertou também que todos os torcedores serão revistados. Há uma preocupação maior pelo número de torcedores, que pode chegar a 20 mil, que seria o maior público da história do estádio. O motivo é que está prevista a inauguração da Ala Leste do estádio, com capacidade para 10 mil pessoas, elevando a capacidade de 12,5 mil pra 22,5 mil pessoas.

Somente a Polícia Militar vai trabalhar com 120 homens no jogo, além do efetivo que normalmente trabalha nas ocorrências da cidade.

— Além disso solicitamos o reforço de 12 homens do PPT de Xanxerê — comentou o major Cléber Pires, chefe de Operações do 2 Batação de Polícia Militar de Chapecó.

Ele disse que o serviço de inteligência da corporação já está atuando e que os cerca de 20 ônibus com torcidas organizadas do Corinthians devem ser recebidos na entrada da cidade e conduzidos até o estádio. Viaturas vão percorrer a cidade para evitar atos de vandalismo.

O presidente Sindicatos dos Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares de Chapecó, Edinei Scalvi, disse que a entidade vai distribuir dez mil cartilhas com o slogam: “Venha conhecer Chapecó e torcer para a Chapecoense”. Elas serão distribuídas a partir desta quarta-feira numa área de 120 quilômetros de Chapecó, principalmente em postos de combustíveis, orientando para que ninguém use outra camiseta que não seja a do Verdão na torcida da Chapecoense, que o público vá cedo ao estádio e que ninguém jogue objetos no gramado.

Scalvi disse que já existem boa procura de reserva em hotéis de pessoa que vem já no sábado para passear em Chapecó e, no domingo, assistir ao jogo.

— Nossa expectativa é de um incremento de 15 a 20% nos hotéis e restaurantes — disse Scalvi. Mas há também uma preocupação com o histórico de confusões das torcidas organizadas.

Trezentos ingressos vendidos em 20 minutos

A procura por ingressos foi intensa no primeiro dia de venda.

— Em 15 a 20 minutos vendemos o primeiro lote com 300 ingressos — disse Tiago Moscheta, da diretoria do clube.

Entre os que garantiram um lugar no jogo estão os moradores de Chapecó Igor Rangel, Fernando Fávero e Daniel Perin. Todos são torcedores da Chapecoense também, vão ao estádio, mas, neste domingo, estarão na Ala Sul, que foi reservada para a torcida visitante. Afinal, essa paixão é mais antiga, do tempo em que a Chapecoense raramente estava no cenário nacional. E os “corintianos chapecoenses” já estão se mobilizando para receber a nação alvinegra.

— Vamos esperar eles com um churrasco — disse Igor.

Na torcida da Chapecoense, a mobilização também é grande.

— Foram duzentos novos sócios em dois dias — disse a responsável pela Central de Atendimento aos Sócios, Diana Giongo. O número de sócios já passou de 10,1 mil. Um dos novos sócios é Michel Henrique Parisotto. Ele frequenta a Arena Condá mas, como viajava bastante, ainda não tinha se associado. Mas, para o jogo contra o Corinthians, resovleu garantir sua carteirinha. A Série A traz uma nova realidade para Chapecó, que agora entrou no mapa do futebol nacional.

Crédito: Diário Catarinense.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s