Combate Barreirinha

COMBATE BARREIRINHA COMPLETA

SESSENTA E NOVE ANOS DE LUTAS

COM MOMENTOS DE SUCESSSO

E GRANDES REALIZAÇÕES

Zé Domingos

Dia destes destaquei em matéria que abordei aniversários de clubes de nosso futebol amador a passagem neste mês de maio de mais uma data festiva do Combate Barreirinha. Ao participar do jantar de um grupo de pescadores na residência do José Roberto Bueno – Zé Roberto adepto e colaborador do clube há muitos anos lá estavam Nilton Choinski, Augusto (Gusto) , José Antônio (Zé Antônio) e Ernaldo Meleck também ligados a tradicional agremiação e com isto os comentários sobre o evento foram inevitáveis.

Oito de maio de 1.945 a data de fundação do Combate Barreirinha, portanto chegando aos sessenta e nove anos. Nesta longa trajetória de muito trabalho a superação de desafios para alcançar objetivos importantes como a construção de um patrimônio sólido e que permitisse a afirmação da entidade. Isto foi conseguido com a construção da sede própria na Rua Professor Leonardo Cobbe 2 esquina da Avenida Anita Garibaldi no bairro de origem do clube e de um dos melhores estádios do futebol amador na Colônia Antônio Prado em Almirante Tamandaré chamado de Recanto Tricolor, um local realmente fantástico.

Em meio a busca de fortalecimento e realização do clube vieram as conquistas esportivas com títulos consagradores como os da Taça Paraná a maior competição do futebol amador do Estado durante muitos anos. O trabalho dedicado, respeitoso, honesto e de iniciativas de todos àqueles que passaram pelos quadros diretivos transformou o Combate Barreirinha numa das grandes forças do futebol paranaense.

Há muitos anos o acompanho e a seguir relato um pouco do que acompanhei e sei do simpático clube.

Lembro que menino de doze, treze anos conheci o Combate Barreirinha com sua camisa tricolor vermelha, preta e branca, mesmas cores do meu Clube Atlético Ferroviário participando de um torneio entre equipes de bairros promovido pelo Clube Atlético Paranaense, no Estádio Joaquim Américo. O objetivo do torneio eliminatório com decisões em pênaltis caso de empate nos trinta minutos de jogo era para o então técnico do Atlético Paranaense, o argentino Nelson Filpo Nuñes, Dom Filpo, que depois se tornou uma personalidade nacional, comandando a famosa “Academia do Palmeiras”, observar novos talentos para o rubro negro.

Participei daquele torneio pelo Marumbi, um time da Prudente de Moraes com a Padre Anchieta, Galícia, perto do campo do Poti, eliminado nos pênaltis na terceira partida. O Combate Barreirinha, com uma equipe forte foi longe na competição.

Passado algum tempo encontro o Combate Barreirinha, já envolvido em competições oficiais. Com um trabalho dedicado e organizado foi galgando posições não só no campo de jogo, mas também no setor patrimonial com uma bela sede na Rua Professor Leonardo Cobbe 02 esquina da Avenida Anita Garibaldi – Barreirinha e o belo Estádio Recanto Tricolor, na Colônia Antonio Prado, em Almirante Tamandaré, com capacidade para 1 mil e 500 espectadores. Além do estádio, no mesmo local áreas de lazer com bosque, churrasqueiras, cancha para futebol suíço iluminado, bares bem montados, vestiários confortáveis, inclusive é no Combate Barrerinha, que se tem uma dos mais apreciados sanduíches do futebol amador o famoso “pão com bife”. O churrasco também é da melhor qualidade e tudo é gostoso porque é feito com amor por abnegados que querem ver o Combate sempre mais pujante.

O clube teve a felicidade de ter presidentes e diretores responsáveis e idealistas fazendo com que ganhasse a força que hoje representa. É um clube merecedor de todo o respeito e aplauso.

O atual presidente é o empresário Sérgio Rausis que como os demais que estiveram no comando principal se apresenta atento aos acontecimentos, procurando superar com trabalho todos os desafios que surgem. É sabido que de uns anos para cá a direção de clube tornou-se uma tarefa por demais complicada e só com o apoio de companheiros e com muito trabalho é que se alcançam objetivos e especialmente recursos para a manutenção.

O Combate Barreirinha, é uma das agremiações que pode ser chamada de campeonissima diante de tantos títulos conquistados. Em 86 e 89, foi campeão da Divisão de Acesso. Em 86 estavam no elenco os goleiros Neneca e César, Nenezinho, Breda, Luizão Ferreira, meu amigo Pedrinho Ferrugem, que em “Os Desavergonhados”, meu amigo Dema, um dos maiores craques de todos os tempos no amadorismo e depois brilhante técnico do próprio Combate, Serginho, outro “cracaço”, talvez o melhor de todos os tempos no Combate, o excelente ponteiro direito Peca, Tinho, Marquinhos e Seco. Era mesmo um time sensação.

Oitenta e nove nova conquista com Edilson, Nego, Irimar, Umuarama, Emerson, Breda, Tirson, Dirá, Sidival, Marquinhos, Serginho, Nelsinho, Peixinho, Igor, Robertinho, Luizinho, Reginaldo e Tinho. Com estas conquistas o Combate Barreirinha, começava a ganhar reconhecimento e respeito em nosso futebol amador.

Outros momentos históricos o tri campeonato de 96,97 e 98. Em 96 – Módulo Verde – 1ª Divisão com Vilson, goleiro vindo do Paraná Clube e que depois de alguns anos no amadorismo voltou ao profissionalismo jogando por várias equipes paranaenses e mesmo fora do Estado, outro goleiro Jair, Gerson, Márcio, Vavá, campeão brasileiro pelo Coritiba, com passagens por outras grandes equipes profissionais como Palmeiras, Juninho, que atuou pelo Botafogo, do Rio de Janeiro, Vitor Gavião, Edmilson, Will, Adilson, Peca, Ede, Luizinho, Wilson, Maurílio, que jogou pelo Colorado, Edson Borges, ex Coritiba e outras equipes profissionais, Gilsinho, Paulo César, Israel, que jogou inclusive por uma seleção contra a Seleção Brasileira e Paulinho.

Em 97 vários dos campeões de 96 permaneceram e chegaram outros como Jeferson, Marcelo Italiano, Leo, Edson, Guinho, Mauricio, Laguna, Perninha, Neilor, César, Rodrigo, Marlon, que mais tarde jogou pelo Paraná Clube e outras equipes profissionais, Everton. Sandrinho, Jean e Robson Paiva. O técnico era Mauro Inácio de Souza.

No ano seguinte novo titulo com as chegadas de Henrique, Jaime, Tigrinho, Vagner, Branco, Pinhais, Nano, Odirlei e César. Neste ano o comando técnico do ex-brilhante jogador Dema. Uma época de glória do tricolor da Barreirinha.

Após fazer boas campanhas terminando alguns certames como vice-campeão em 2.003 um novo titulo era abiscoitado pelo tricolor num campeonato disputado por dez equipes algumas com elencos muito fortes. Jogaram pelo Combate – Paulo Henrique (goleiro), Maringá, Márcio, Paulo Sérgio, Harrison, Marcinho, Cicero, Gugu, Will, Eder, Zé Adriano, Alex, Gersinho, Leandro e Murphy.

Em 2.004 a conquista do bi campeonato da Divisão Especial de Amador. Este certame bastante concorrido contou com a participação de 12 equipes. Com o elenco qualificado e um trabalho bem organizado o bicampeonato chegou com os jogadores Marcelo Valença goleiro com passagem por várias equipes profissionais, Pelezinho, Maringá, Paulo Sérgio, Alex, Harrison, Edinho, Everaldo, Hideo, Marcinho, Leandro, Bina, Gerson, Will e Gugu. O comando técnico foi de Ivo Petry.

Com títulos o Combate Barreirinha se credenciou a disputar a Taça Paraná a maior competição do futebol amador do Estado e o fez de maneira exuberante com várias conquistas. Estes momentos de euforia em outra matéria neste espaço. Lembrando que as primeiras disputas oficiais do Combate Barreirinha foram através a Liga dos Minérios fundada e presidida pelo professor Leônidas Rodrigues Dias um dos baluartes do futebol amador e que como morador da região acompanha o tricolor há muitos anos. Aqueles primeiros momentos do clube também em outra matéria deste espaço.

José Domingos Borges Teixeira

(Zé Domingos)

Rádio Barigui – AM – 1560 – Internet – www.radiobarigui.com – centraldetv.com.br – http://www.josedomingos.com,br – clicar Rádio Barigui – de segunda a sexta feira das sete as nove horas Comando da Manhã – No Mundo da Bola, telefones – (41) 3352-8686 – (41) 9972-0129 – e-mail – contato.josedomingos@hotmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s