ZÉ DOMINGOS – PASSEIO PÚBLICO

PASSEIO PÚBLICO

E SUA HISTÓRIA.

DOIS DE MAIO É O

DIA DO TAQUIGRAFO

Zé Domingos

Pesquisas de Zigmundo Czajkowski

Certamente que os curitibanos e todos aqueles que aqui vivem, viveram ou conhecem a capital paranaense querem conhecer pelo menos um pouco da história do nosso famoso Passeio Público e assim vamos satisfazê-los com as informações á seguir –

O Passeio Público é um relicário de preservação natural, bem no centro da cidade com aproximadamente 70 mil metros quadrados e 35 pontos de atração. Em 02 de maio de 1.886 o Presidente da Província Alfredo D’Escragnolle Taunay, seu idealizador.

O primeiro administrador foi o Comendador Francisco Fasce Fontana, doador do terreno.

Situava-se na época entre as divisas Boulevard 2 de Julho (hoje Avenida João Gualberto), Rua Fontana (atual Presidente Faria), Rua do Serrito (hoje Presidente Carlos Cavalcanti) e os terrenos de Joaquim Bittencourt (atual Circulo Militar) e de Laura Borges (hoje Colégio Estadual do Paraná).

Seu portal principal na esquina da Rua Presidente Faria com Avenida João Gualberto é copia fiel do portão do “Cemitério dos Cães de Paris”. Construído em 1.913, seu estilo é art-nouveau e foi projetado pelo arquiteto alemão aqui radicado Frederico Kirchgassner.

O parque possui três lagos sendo que em cada tem uma ilha. Na Ila da Ilusão foi coroado no inicio do século o principal dos poetas paranaenses Emiliano Perneta.

Em 1.966 ao completar 80 anos o Passeio Público recebeu completa revitalização com alterações substanciais com a construção de palco flutuante, revestimento dos lagos, substituição das velhas pontes de madeira por outras de concreto, construção de um palco flutuante mais tarde chafariz, de ilhotas para macacos.

Entre a vegetação destacam-se eucaliptos, plátanos, ipês e carvalhos, como o plantada pelo próprio Presidente Taunay quando da inauguração do local. É um ponto de encontro de crianças e adultos, com play ground, zoológico de pequenos animas, aquário, pedalinho, bar e restaurante. Com o surgimento do Zoológico, no Alto Boqueirão, animas de grande porte foram para lá transferidos e deixaram de ser abrigados no Passeio Público. O parque é cortado pela malha cicloviária da cidade. O Passeio Público continua sendo um dos pontos turísticos mais importantes de Curitiba.

TAQUIGRAFO

O dia do taquigrafo costumava ser comemorado em sete de novembro e como não havia nada que justificasse a data festiva nesse dia, dois de maio foi escolhida pela classe reunida soberanamente em congresso. O Primeiro Congresso Brasileiro de Taquigrafia foi realizado em 1.951, em São Paulo.

A iniciativa foi do gaúcho Adoar Abech. A data foi escolhida porque foi exatamente no dia dois de maio de 1.823 que foi instituída oficialmente a taquigrafia parlamentar no Brasil para funcionar na Primeira Assembléia Constituinte.

José Domingos Borges Teixeira

(Zé Domingos)

Rádio Barigui – AM – 1560 – Internet – www.radiobarigui.com – centraldetv.com.br – www.josedomingos.com.br – clicar Rádio Barigui, de segunda a sexta feira das sete as nove horas Comando da Manhã – No Mundo da Bola, telefones – (41) 3352-8686 – (41) 9972-0129

E-mail – contato.josedomingos@hotmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s