CHAPECOENSE VENCE A PRIMEIRA E PÕE FIM À SÉRIE INVICTA DO PALMEIRAS

25mai2014---tiago-luis-comemora-gol-da-chapecoense-sobre-o-palmeiras-1401060308401_615x300

Embalado com quatro vitórias seguidas sob o comando do técnico interino Alberto Valentim, o Palmeiras foi surpreendido neste domingo e perdeu para a Chapecoense, que até então era lanterna do Brasileirão. E, no jogo na Arena Condá, em Chapecó, teve até gol de Tiago Luis, aquele que em 2008 chegou a ser chamado na Espanha de “Messi brasileiro”, para construir o placar de 2 a 0.

A Chapecoense começou melhor a partida, em busca da primeira vitória no Brasileirão. Também sob o comando de um interino, Celso Rodrigues, o time de Santa Catarina fez uso de jogadas aéreas, mas encontrou a zaga do Palmeiras atenta aos cruzamentos. O time da casa também apertou a saída de bola para tentar provocar erros de Lúcio e Marcelo Oliveira.

A Chapecoense já havia perdido duas chances claras de gol quando Tiago Luis. Antes, o próprio atacante e Diones desperdiçaram. Mas quando Fabiano avançou pela direita no fim do primeiro tempo e encontrou o ex-Messi brasileiro na área, a rede balançou. Tiago Luis se colocou entre os zagueiros palmeirenses e recebeu na pequena área para finalizar livre.

O “Messi brasileiro” foi um apelido lançado pelo diário Marca, da Espanha, em 2008, quando Tiago Luis surgiu de forma impressionante nas categorias de base do Santos e logo chegou à categoria profissional, com o técnico Emerson Leão. Na época, o clube da Vila Belmiro havia vendido Robinho ao Real Madrid. Mas Tiago Luis não virou o jogador que se esperava.

O Palmeiras não foi o mesmo que brilhou nos últimos jogos antes da contratação do técnico argentino Ricardo Gareca. A má atuação do meia Mendieta, que ocupa o lugar de Valdivia – convocado pela seleção chilena para a Copa do Mundo – contribuiu muito. O paraguaio saiu lesionado no início do segundo tempo, para a entrada de Felipe Menezes, que só piorou a equipe.

Antes disso, o mesmo Fabiano, autor da assistência para Tiago Luis, aproveitou rebote de fora da área, nos primeiros segundos da etapa final, para marcar o segundo. Sem chance para o bom goleiro Fábio, que apareceu bem como opção para o gol do Palmeiras após lesão de Fernando Prass e más atuações de Bruno.

A vitória faz a Chapecoense ultrapassar Figueirense e Coritiba, e chegar à 18ª posição. O Palmeiras perde a chance de chegar ao topo da tabela.

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE 2 X 0 PALMEIRAS

Data e Horário: 25 de maio de 2014 às 18h30
Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)

Gols: Tiago Luis e Fabiano (Chapecoense)
Cartões amarelos:  Fabiano e Nenén (Chapecoense)/Lúcio e Wesley (Palmeiras)

Chapecoense: Danilo, Fabiano, Rafael Lima, André Paulino e Rodrigo Biro; Wanderson, Dedé, Diones e Nenén (Wescley); Tiago Luis (Fabinho Alves) e Roni (Abuda). Técnico: Celso Rodrigues.

Palmeiras: Fábio, Wendel, Lúcio, Marcelo Oliveira e William Matheus; Renato, Wesley e Mendieta (Felipe Menezes); Marquinhos Gabriel (Bernardo), Diogo (Patrick Vieira) e Henrique. Técnico: Alberto Valentim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s