Tomazina

ANIVERSÁRIO DE TOMAZINA

E DE MORTE DE IMPORTANTE

PERSONALIDADE PARANAENSE

MARIA CRISTINA ANDRADE VIEIRA

Zé Domingos

PESQUISAS DE Zigmundo Czajkowski e Denise R. Sguarizi

Nesta segunda feira (02 de junho) Tomazina cidade do norte pioneiro do Paraná comemora aniversário e recordo ter escrito neste dia em 2.011 um texto em que destacava ter falecido no mesmo dia do aniversário da cidade uma de suas mais importantes representantes Maria Cristina Andrade Vieira. Embora nascida em Curitiba em 2 de maio de 1.951 tinha estreitas ligações com Tomazina já que o pioneiro da família seu pai Avelino Vieira procedia da referida cidade. Na mesma matéria destacava Tomazina relembrando detalhes em torno da mesma.

Perto das 12 horas da quinta-feira (02 de junho de 2.011) recebemos mensagem informando o falecimento de Maria Cristina Andrade Vieira, a idealizadora do Natal Encantado do BAMERINDUS – Banco Mercantil Industrial do Paraná, membro importante de seus quadros diretivos. A sua criação tornou-se uma referencia internacional para Curitiba e com o BAMERINDUS sendo adquirido por um grupo internacional o evento que passou para a história de Curitiba foi mantido.

Dinâmica, inteligente, com idéias avançadas a empresária ganhou projeção na empresa criada, divulgada, fortalecida pelo trabalho dedicado de Avelino Vieira o seu Avelino como o pessoal do norte pioneiro chamava aquele homem que visitava os comerciantes, os agricultores, os empresários, as famílias da região oferecendo os préstimos de seu banco localizado em Tomazina.

Aquele homem foi ganhando confiança e viu seu banco ir crescendo, crescendo, crescendo até atingir dimensões que jamais imaginava pudesse alcançar, Tornou-se uma personalidade estadual, nacional e internacional, um banqueiro respeitado. Maria Cristina tomada por aquele espírito empreendedor de seu Avelino foi a luta e mostrou seu valor, sendo até os últimos dias do BAMERINDUS uma de suas figuras exponenciais.

Dentro de seu empreendedorismo, de sua liderança tornou-se a primeira mulher a ser presidente da Associação Comercial do Paraná onde deixou a marca de um trabalho arrojado, com visão futura para a entidade ter força de representatividade junto aos poderes constituídos e também os associados e a comunidade em geral. Foi um período de grandes realizações.

No final de sua vida Maria Cristina uma mulher especial, humanitária, envolvida em inúmeros projetos sociais e culturais presidiu a Fundação Cultural de Curitiba, de onde se afastou a uma semana antes de morrer Ao sentir seu estado de saúde agravar-se e deixou o trabalho. Morreu no dia de aniversário de Tomazina, a cidade da família Vieira.

Na mensagem comunicando a sua morte o pedido de não serem enviadas coroas, já que em vida pediu que o dinheiro a ser gasto com as homenagens fosse destinado ao Hospital Erasto Gaertner, que ela tanto ajudou.

Maria Cristina foi uma guerreira que enfrentou todos os desafios com firmeza, com coragem, com fé e dignidade. O câncer a levou, mas ela continua viva na mente dos que a conheceram e com ela conviveram. Pela bondade, pelo extraordinário ser, Maria Cristina, está com o “SENHOR” e os exemplos que deixou certamente servirão para a seqüência da luta por um mundo mais humano, mais feliz.

Fizemos estas referencias para homenagearmos esta mulher que morreu no dia do aniversário de Tomazina a cidade berço da tradicional e importante família Vieira e depois de homenageá-la e reverenciá-la vamos saudar a cidade aniversariante.

SALVE, SALVE TOMAZINA.

Desde os primeiros anos de vida ouvíamos citações em torno de Tomazina e não poderia ser diferente já que nascemos em Siqueira Campos, cidade vizinha na região chamada de norte pioneiro do Paraná. Lembramos que papai João Dario Teixeira falava de Avelino Vieira, um homem que visitava os comerciantes da região oferecendo serviços de um banco que ele fundará e que aos poucos justamente pela atuação do citado empresário foi ganhando espaço em face de sua persistência.

ÁRABE

Com sangue árabe negociava bem oferecendo créditos aos comerciantes, aos fazendeiros, aos investidores da região, então uma das mais fortes do Estado e ganhando credibilidade foi tomando conta das ações de finanças da região, isto no final dos anos 40, inicio dos anos 50. Éramos criança, mas sempre ouvíamos papai que tinha um armazém em Barbosa, Siqueira Campos, onde nascemos elogiar o “seu Avelino”, que na seqüência tornou-se um dos mais importantes banqueiros brasileiros.

INCENTIVO

No Paraná, muita gente se projetou diante o apoio financeiro de Avelino Vieira, o fundador do sempre lembrado Banco Mercantil e Industrial do Paraná – BAMERINDUS, que teve suas atividades suspensas há anos passados numa ação governamental até hoje não devidamente esclarecida e merecedora de muitas interrogações. A família Vieira, se viu impelida a vender o seu banco para um grupo estrangeiro e deixamos de ter o nosso banco, orgulho de todos nós paranaenses.

POSIÇÃO POLITICA

Na época José Eduardo Vieira, um dos filhos de Avelino era Senador da República e inclusive tinha exercido funções de Ministro da Agricultura. Todos devem estar lembrador que “Zé Eduardo” chegou ao Senado, popularizando sua campanha com um chapelão, que passou a ser usado por muita gente no Estado.

INTEGRAÇÃO

Avelino Vieira, a família Vieira e o Bamerindus, se misturam a história de Tomazina, tradicional cidade paranaense, com belezas naturais extraordinárias inclusive o Salto Cavalcanti e o Rio das Cinzas, que a banha. É município com uma área de 591 quilômetros quadrados e 8 mil 814 habitantes, tendo na agricultura seu sustentáculo.

SENHORA DO HOTEL

Lembramo-nos que papai falava de uma senhora de nome Argentina, proprietária de um hotel em Tomazina, onde ele se hospedava quando ia até lá para tratar de assuntos bancários, isto é buscar financiamentos, empréstimos, pagar contas, enfim buscar alternativas para viabilizar seu comércio. Era criança quando tudo isto aconteceu e alguns dados não lembramos exatamente e então usamos um pouco de imaginação. Mas “Seu Avelino e Dona Argentina”, lembramos de papai elogiar.

FAZENDEIRO IMPORTANTE

Com o passar dos anos já trabalhando na Cooperativa dos Criadores do Paraná – COCRIPA, comprando gado para ser abatido e colocado nos açougues de Curitiba recordamos de João Dario Teixeira (papai) citando o Dr. Helcis, filho de dona Argentina, poderoso fazendeiro em Tomazina, criador de gado, com quem ele negociava.

TEMPORAL

Em determinada ocasião em companhia da Nair e do saudoso Getúlio Barbosa, compadres seguindo para Siqueira Campos, no sentido de participarmos da festa do Senhor Bom Jesus da Cana Verde, padroeiro de Siqueira Campos, dia 06 de agosto, fizemos uma visita a fazenda do Dr. Helcis e lá chegamos exatamente num dia em que se abatera um temporal acompanhado por muitos raios na região e várias cabeças de gado morreram, deixando um quadro trágico e triste na bela propriedade. Isto ocorreu em 1.979 ou 80

O Dr. Helcis não estava por lá, porque procurava os recursos para cobrir o prejuízo que sofrera com o imprevisto. Mas, tivemos a oportunidade de conhecer a fazenda onde papai estivera em várias oportunidades.

Registramos estes detalhes vividos nos tempos de criança e de adulto, há muitos anos, para homenagear esta cidade que no dia dois deste mês completou aniversário.

O COMEÇO

Em 1.865, o major Thomaz, adquiriu uma gleba de terras que abrangia as margens direita e esquerda do Rio das Cinzas e em novembro de 1867, se estabelece na região. No ano de 1.878, o major Thomaz e sua mulher doaram a área de terras para que se iniciasse um povoado, sob a invocação de Nossa Senhora Aparecida.

FREGUESIA

Em 02 de junho de 1.882, foi criada a freguesia de Nossa Senhora da Conceição Aparecida de Tomazina. O nome da cidade é homenagem ao Major Thomaz Pereira da Silva, pioneiro, desbravador e fundador do município. O atual prefeito é Guilherme Curi Saliba Costa – PPS.

INFORMAÇÕES – POVO BOM E BOAS CACHAÇAS

Não somos conhecedores profundos de Tomazina, aliás, conhecemos a cidade apenas de passagem, mas sabemos que tem os distritos de Barro Preto e Sapé e que seu povo como todo da região do norte pioneiro é dado, bom de papo, simpático e companheiro. Em Tomazina, como em todo norte pioneiro a produção da cana de açúcar é incentivada e assim o fabrico de aguardente é um dos destaques. Tem ótimas cachaças por lá.

HOMENAGEM

As citações neste artigo ocorrem para homenagear a tradicional cidade pela passagem de seu aniversário neste dia 02 de junho (5ª feira). Saudações aos tomasinenses e tudo de bom. Se tem dados sobre Tomazina, favor encaminhá-los através os comentários ou mesmo pelo e-mail contato.josedomingos@hotmail.com para que possamos destacar ainda mais esta cidade que faz parte importante da vida do Paraná.

DADOS PESQUISADOS POR ZIG E DENISE

O companheiro e colaborador Zigmundo Czajkowski pesquisou em torno de dados históricos de Tomazina e estes são relatados a seguir. Dois de junho dia de fundação do município de Tomazina. Origem histórica – Em 1.865 o Major Thomaz adquiriu uma gleba de terras que abrangia as margens direita e esquerda do Rio das Cinzas e em novembro de 1867 se estabelecia na região.

Em 1.878 o Major Thomaz e sua mulher doaram área de terras par que se iniciasse um povoado sob a invocação de Nossa Senhora Aparecida. Em 02 de junho de 1.882 foi criada a freguesia de Nossa Senhora da Conceição Aparecida de Tomazina.

Em 06 de setembro de 1888 elevada a freguesia a categoria de vila, sendo no ano seguinte no dia 8 de maio elevado a vila a condição de município emancipado com território desmembrado de São José da Boa Vista. A instalação se deu em 7 de janeiro de 1.890, quando foram empossados os membros da primeira Câmara de Vereadores, senhores lias avier da Silva, José Albano Pereira, Tenente João José ibeiro, Capitão Candido Antônio Pereira e o Major Thomaz Pereira da Silva, que foi Presidente daquela Casa de Leis.

Posteriormente assumiu o cargo de primeiro prefeito de Tomazina. Confirmamos que o nome da cidade é homenagem ao Major Thomaz Pereira da Silva, pioneiro, desbravador e fundador do município.

HISTÓRIA

No ano de 1.865 o atual município de Tomazina teve origem em novembro de 1.867 os pioneiros liderados por Major Thomaz Pereira da Silva partiram para povoamento da região as margens do Rio das Cinzas. A caravana Itajubá – Minas Gerais e durou mais um mês cruzando picadões sob matas densas até a chegada na cidade que empresta seu nome até hoje.

RIO DAS CINZAS

O sertão do Frio das Cinzas foi se tornando conhecido como sendo zona de terras de ótima qualidade. Ainda hoje o Rio das Cinzas é conhecido pelo Parque da 49ºs Corredeiras que é palco de corridas de canoagem e também pelo Salto Cavalcante beleza natural da cachoeira do rio. Criado pela Lei 1266 de 12 de março de 1913 foi instalado oficialmente na mesma data sendo desmembrado de São José da Boa Vista.

GEOGRAFIA

Tomazina possui uma área de 591 quilômetros quadrados representando 0.2967 do estado, 0.109% da região e 0.007% de todo o território brasileiro. Localiza-se a uma latitude de 23º 46’40’sul e uma longitude 49º 57’00” oeste, estando a uma atitude de 541 metros. Sua população estimada em 2005 era de 8 mil 690 habitantes.

DEMOGRAFIA

DADOS DO CENSO 2000

População Total – 8920 habitantes – Urbana – 4.286 – Rural – 4645 – Mulheres – 4840.

Densidade demográfica (hab/km²) 13.10 hab/km² (IPARDES2005).

Índice de desenvolvimento humano – IDH-M – 0.716

IDH – M – Renda – 0.640 IDH- M – Longevidade 0.706 – IDH – M Educação 0.802

Hidrografia – Rio das Cinzas – Salto Cavalcanti

José Domingos Borges Teixeira

(Zé Domingos)

Rádio Barigui – AM – 1560 – Internet – www.radiobarigui.com. – centraldetv.com.br – www.josedomingos.com.br – clicar Rádio Barigui – AM – 1560 – de segunda a sexta feira das sete as nove horas Comando da Manhã – No Mundo da Bola – telefones – (41) 3352-8686 – (41) 9972-0129 – e-mail – contato.josedomingos@hotmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s