Metroviários ignoram decisão da Justiça e mantêm a greve

Mesmo após o TRT (Tribunal Regional do Trabalho) considerar a greve dos metroviários abusiva e aplicar uma multa pesada, o sindicato decidiu que vai manter a paralisação hoje. O governador Geraldo Alckmin ameaçou demitir os grevistas que não retornarem ao trabalho (leia mais abaixo).

Será o quinto dia consecutivo sem o serviço. O próprio sindicato admite que seu recorde foi em 1988, com uma greve de seis dias.

Na manhã de ontem, o desembargador Rafael Pugliese Ribeiro puniu o sindicato com multa de R$ 400 mil pelos quatro dias parados e estabeleceu multa de R$ 500 mil para cada novo dia em que a ordem do tribunal for desrespeitada.

Crédito: Agora

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s